10/27/2016

#Biaindica


Hey Hey Gente!

Tudo bem? Hoje vamos ter o 1° #Biaindica de filmes!! Então vamos à indicação da noite.
Uma noite de crime

Sinopse:

(Banner)
Quando o governo norte-americano constata que suas prisões estão cheias demais para receberem novos detentos, uma nova lei é criada, permitindo todas as atividades ilegais durante 12 horas. Este período, chamado de Noite do Crime, é marcado por milhares de assassinatos, linchamentos e outros atos de violência por todo o país. O intuito, segundo o governo, é permitir que todos os cidadãos libertem seus impulsos violentos, garantindo a paz nos outros dias do ano. Neste contexto vive a família de James Sandin (Ethan Hawke), um vendedor de sistemas de segurança que prospera graças à Noite do Crime. Quando o evento ocorre, no entanto, o filho de James aceita abrigar um homem perseguido por psicopatas. Logo, toda a família está em perigo, seja dentro de sua própria casa, com a presença do desconhecido, seja pelas ameaças vindas dos psicopatas em frente ao imóvel, que prometem entrar e matar a todos.

Crítica:

(Psicopatas)


Bom, esse filme é muito show! Eu assisti ele pela primeira vez  em uma festa do pijama e acabei me envolvendo pelo roteiro, produção, direção, atuação, enfim, por tudo.
O roteiro traz uma história super legal. Após um alto nível de superlotação das cadeias o governo tomou uma decisão de criar um dia específico para que os moradores possam liberar seus instintos psicopata e violento com o intuito de apaziguar a violência o resto do ano, eles criaram tipo um  dia da purificação de almas ou libertação, chamado de: “uma noite de crime” (12 horas para matar, machucar, ou fazer o que você quiser, com quem você quiser e sem direito a nenhuma autoridade de segurança, saúde ou governamental em funcionamento para se recorrer). Nesse dia, ou seja, você só tem você mesmo para se proteger, é tipo aquele dito popular “Cada um por si e Deus por todos”.  As “presas” não têm como se esconder, a não ser que: 1- você mata o seu caçador ou 2- pede ajuda para os moradores. O que acabaria de vez com uma família inteira.

(Filho que abre a porta)


O filme se desenrola em cima do fato de uma “presa” pedir asilo e ninguém atender, então, o filho mais novo do casal, dono da casa, abri o portão para a “presa” e acaba ficando na mira de psicopatas.
 Eles acabam ficando apenas com Duas escolhas: 1°- Entregar a “presa” ou 2°- Salvar a família dos psicopatas entregando o fugitivo aos bandidos... O único problema que impedia isso a “presa” acaba se escondendo em um cômodo da casa e ninguém sabe onde ele está.
 Super-recomendo esse filme para todos vocês...

Beijos e até a próxima!